segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Saltador gay pode boicotar etapa russa da Copa do Mundo

Dois meses após assumir a homossexualidade, em um vídeo divulgado no Youtube, o britânico Tom Daley está cogitando ficar de fora da etapa da Copa do Mundo de saltos ornamentais, segundo o tabloide Daily Star, jornal dedicado a celebridades. De acordo com a publicação, o saltador vê essa atitude como uma maneira de protestar contra a lei anti-gay da Rússia. Pessoas próximas ao atleta disseram para a publicação que Daley boicotaria a competição pelo "tratamento desprezível com os homossexuais" dado pelo país europeu. Caso decida mesmo ficar de fora do torneio, ele poderá perder pontos que afetariam sua posição no ranking mundial. Além disso, o britânico também perderia uma bonificação financeira que receberia por participar da competição. De acordo com o tabloide, a decisão de Daley conta com o apoio de Chris Mears e Jack Laugher, seus companheiros de equipe. Em seu site oficial, a Federação Internacional de Natação (FINA) coloca Daley como desfalque na etapa de Moscou da Copa do Mundo, que será disputada entre 2 e 4 de maio. No entanto, o britânico também não está confirmado na lista de Monterrey, que encerra a competição. Nas outras quatro sedes, China, Emirados Árabes, Reino Unido e Canadá, o nome do saltador aparece entre os competidores provisórios. Bronze nos Jogos Olímpicos de Londres, Daley assumiu ser gay ao revelar seu relacionamento com Dustin Lance Black em dezembro de 2013. A lei anti-gay da Rússia tem provocado alguns protestos durante os Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi. Aprovada pelo país europeu em 2013, a legislação combate a "propaganda homossexual".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...