terça-feira, 8 de julho de 2014

DEEP WEB-NSA está de olho em todo mundo que visita ou já visitou o site do Tor

Depois de muitas revelações de Edward Snowden sobre os escândalos de espionagem da NSA, a agência de segurança interna dos EUA, outras fontes começaram a cavar as entranhas sinistras da instituição e conseguiram encontrar algumas informações sobre como a NSA atribui o status de “suspeito” a um usuário da internet. Na verdade, essa atribuição pode ser feita de forma bastante ampla e, dependendo do caso, o seu IP pode ser marcado como o de um potencial terrorista pelo simples fato de visitar um website. A descoberta mais recente sobre a indiscrição da NSA diz respeito especificamente ao Tor, uma ferramenta que permite ao usuário navegar de forma anônima pela web. Esse navegador que esconde seus passos foi considerado pela agência como uma grande ameaça e ela tenta quebrar sua criptografia há anos sem qualquer sucesso até agora. Por conta disso, foi criado um sistema de vigilância que registra os endereços IP de todo mundo que visita o site e faz o  download do Tor por lá e, caso você deixe um email, ele também será espionado.
Proteção
O objetivo principal do Tor é proteger jornalistas em investigações e suas fontes, que poderiam estar sendo espionadas por interessados ao se comunicarem pela web. Assim, se a NSA conseguir quebrar a criptografia do Tor, novidades como as reveladas por Snowden nunca mais poderão ser publicadas de forma tão massiva. Além do site do Tor, todo tipo de fórum que comenta coisas relacionadas ao aplicativo ou simplesmente são conhecidas redes de usuários avançados que discutem criptografia também estão “grampeadas” pela NSA, que marca os endereços de todos os visitantes e, em seguida, fica sempre de olho neles. A agência não comentou absolutamente nada sobre essas novidades que foram publicadas pela rede de comunicação alemã ADR/NDR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...